27.5.08

barcelona, em passeio

gostei de estar em barcelona sobretudo pelo que não é tão comum pensar-se quando se pensa naquela cidade. gostei de estar com o meu amigo josé àngel cilleruelo, excelente poeta e prosador (há um belo livro dele em portugal, traduzido pelo joaquim manuel magalhães e editado na averno), gostei das ruas mais sinistras do centro histórico, impressionei-me ao ver a igreja com os estilhaços das bombas que na guerra civil mataram mais de duas centenas de crianças, diverti-me com a festa do ovo a bailar, gostei do jardim do labirinto, que quase não aparece nos guias turísticos, e gostei das portas sujas, cheias de tinta e autocolantes.
obrigado josé àngel pelo passeio breve mas tão cuidado. foi muito bom

4 comentários:

  1. flavio silver27/5/08 23:22

    tenho acompanhado com interesse as tuas viagens, o que trazes de lá e o que com certeza lá deixas.
    abraço.

    ResponderEliminar
  2. O bairro gótico é caleidoscópico: a arquitectura da orgulhosa Catalunha, os punks sentados nos umbrais das portas, as pequenas lojas de emigrantes, os turistas de câmara em riste, os locais a viverem à custa dos turistas, os intelectuais, os boémios, a arte erudita, a arte urbana, o descontentamento nos muros...

    ResponderEliminar
  3. O belíssimo Palau... que saudades da velha Barcelona... as quintas à noite no Carpe Diem... os domingos à tarde no Passeig de Gracia... o part time na Rambla Cataluña... os finais de tarde na Barceloneta...

    ResponderEliminar
  4. Valter, uma das coisas que mais gosto no teu blogue, sobretudo nestes tempos de parcimónia, é a colocação de fotos evocativas das tuas andanças que se sucedem como cabeçalho. Também elas se prestam à leitura, e algumas são bem nutritivas.

    ResponderEliminar