30.7.08

hoje, 21.30, na centésima página em braga

é hoje, às 21h30, na livraria centésima página, em braga (ali no jardim do centro, mesmo atrás do macdonalds), conversa sobre o meu novo romance, «o apocalipse dos trabalhadores», orientada pelo antónio rafael, elemento dos mão morta. seguir-se-à uma pequena apresentação musical dos cabesssa lacrau, grupo que integra o mesmo antónio rafael, o miguel pedro, também dos mão morta, o henrique fernandes, dos mécanosphère, e euzinho, dos mim mesmo.
a entrada é livre e a comparência muito apreciada. apareçam, por favor

7 comentários:

  1. se estivesse mais perto iria de certeza absoluta

    na impossibilidade de estar resta_me dar_te os parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Ali, no meio dos corpos, uns pés ao meu lado, umas costas à minha frente, gente, ali, perante mim, os de trás, os dos lados e os da frente, a voz atirada sem rede.
    Como agradecer todas as coisas que se revelam por meio da voz, falada, entoada?
    Só assim, baixinho, não sei de outra forma.

    100ª Página - Apresentação d' "o apocalipse dos trabalhadores"

    ResponderEliminar
  3. não pude estar presente, mas já sei que correu muito bem... um beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Masrcos de Faria31/7/08 13:58

    Estamos no "lugar do esquecimento" vendo as coisas somente pelas espreitas. Queremos ler o Walter no Brasil, compartilhe-se até que seja "o resto de nossas alegrias".
    Marcos de Faria
    quitoteatro@gmail.com

    ResponderEliminar
  5. Para quando uma sessão terapeutica + autógrafos aqui pelo gd Porto? O meu exemplar encabeça já a mala literária p/ férias... Abç

    ResponderEliminar
  6. Eu estive lá e adorei.
    Foi uma revelação o jeito do valter a acompanhar o ritmo e a lançar aquela voz. Ninguém queria que terminasse. E o valter cantou mais uma canção. Estava rodeado de amigos e amigas interessantes e que foram de propósito, alguns de longe, para apoiar o nosso artista Tsunami...e reparei que a fila para a compra dos livros e autógrafos era extensa.
    PARABÉNS amigo valter.

    ResponderEliminar
  7. Não pude de deixar de estar presente neste lançamento em Braga.Uma festa com muita gente a que o autor brindou com expressivas e entusiastas explicações do seu mais recente romance. A destacar ainda uma muito aplaudida sessão onde o valter (en)cantou ,deixando todos os presentes com uma vontade enorme de voltar a escutar os belíssimos temas com que nos presenteou.
    Manuel Peixoto (D.Quixote)

    ResponderEliminar