16.3.09

no centro comercial do algarve a mocidade não é nada portuguesa. isto é cá uma mistura igual a londres. é que gosto. olham para nós numa loja de roupa e perguntam, hello, can i help you. e eu digo, baza, só estou a ber, carago

7 comentários:

  1. porque o provincianismo bacoco, autofágico e demente se aconchega nesses sorrisos em "estrangêro" prefiro ir para o alentejo robusto onde os camones tentam ter sotaque portuga, oh yeah....

    ResponderEliminar
  2. Mais SMS's para respostas prontas:

    "Yes, please, help me pay for these very expensive trousers";

    "Yes, of course you can, let me touch your breasts";

    "Yes, do you have these t-shirts with the CASADEOSSO logo on?";

    "Yes, can you switch off the alarms, so I can carry this pile of clothes without paying for them, will you, please?";

    "Yes, will you love me madly for six minutes?".

    Luck

    ResponderEliminar
  3. é o q dá qndo se tem cara de camone!

    enfim all garve!

    abração

    nunix

    ResponderEliminar
  4. eh lá, norte entranhado - cacete, dir-se-ia se se viesse do ribatejo!
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. por favor, não confundir. há algarves e allgarves. em monchique não há cá rabetagens destas.

    ResponderEliminar