29.11.08

paulo praça - à força da nossa voz, com o roger a fazer de conta de mim

4 comentários:

  1. Adorei!! Estás muito bem interpretado... Talvez para a próxima o realizador te apanhe em flagrante delito.. de escrita! Peço-te que edites o poema no teu blogue, ou podemos encontrá-lo no «Folclore Íntimo»?
    Um gr abraço.
    Teresa

    ResponderEliminar
  2. é bom saber que o Paulo Praça continua a fazer música, conheci o paulo no Gerês à 17 anos atrás.estava de férias com uns amigos e tinhamos duas violas quando de repente aparece uma personagem magra de cabelo comprido, imediatamente começa a tocar.......e pelo vistos não mais parou.....................parabéns pelo poema. nuno gandra

    ResponderEliminar
  3. f. l. d. s.9/12/08 12:14

    FANTÁSTICO!
    um aplauso para todos.
    ainda bem que esta não me passou ao lado.

    ResponderEliminar