29.6.07

o meu amor vai embora
em má hora, em má hora
deixem-me aqui, não demora
anda fora, anda fora
madredeus

4 comentários:

  1. Carlos Ramos29/6/07 17:07

    Caro Valter

    Tenho acompanhado com atenção este seu blogue, assim como a sua actividade como escritor/editor. Parabens atrasados mas sinceros, nas duas vertentes. Também eu iniciei uma modestissimo blogue em penichecarlos@blogspot.com, com o titulo "As mãos por dentro do corpo", dê uma olhada quando puder.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Belo poema...
    Tem andado um pouco afastado...
    Terá ainda a ver com a "gaja"???


    Abraço sonhador

    ResponderEliminar
  3. muito, muito bonita a tua voz cantando estas palavras. fui apanhado de surpresa, no espectáculo. abraço.

    ResponderEliminar
  4. bulimiadoesperma3/7/07 18:28

    canta pra mim outra vez. canta..

    ResponderEliminar