22.1.09

chamava-se claudete e saiu daqui há cinco minutos. eu garanto que não lhe bati, e se seguiu para a rua com ar de quem perdeu as ideias é porque faltam-lhe as ideias já por natureza. vou passar o resto do dia a ver se me distraio com outras coisas, porque não estava nada à espera que a saia curta que trouxe me toldasse os olhos como pestanas à beira das delícias. que precipício é a minha vida. que queda tão grande para a sala de estar

6 comentários:

  1. Que a distracção provocada por esse olhar toldado não perdure na mente durante a leitura na quinta!!

    ResponderEliminar
  2. Bravo , você é enorme !

    um beijinho da libertina

    ResponderEliminar