18.6.05

graça martins


graça martins, «par délicatesse j'ai perdu ma vie, rimbaud», acrílico s/tela,60x80cm, 2002


graça martins, «pijamas», grafite s/papel, 43,5x61cm, 1991

a graça martins é uma amiga muito querida conhecida pelo seu trabalho plástico assíduo e ligado privilegiadamente ao universo da literatura. são várias as ilustrações que fez para livros, os retratos de escritores que criou, bem como as homenagens que prestou a outros, como rimbaud ou oscar wilde. o seu estilo tem muito de gráfico, mantendo sempre presente uma delicadeza sensível, conseguida por um cromatismo rico, mas também pelo recurso a um traço fino no encalço do desenho ao mesmo tempo terno e belo. as personagens de graça martins parecem, as mais das vezes, contornos de filigrana, e as cores servem sobretudo para os cenários florais sugerindo estética e aromaticamente o prazer de pintar.
mostro-vos a homenagem a rimbaud, que amo, ao rimbaud e à homenagem da graça, onde a artista usa a técnica da colagem e, reparem bem por favor, constrói umas impressionantes folhas, perfeitas como naturezas vivas velando a alma do poeta. mostro-vos um desenho de uma série de meninas vestidas de pijama, onde se revela, com mestria, a destreza do traço da graça martins, resultando numa figuração rara ao alcance de poucos artistas.
a graça tem uma nova página, bom pretexto para vos falar dela aqui e vos propor a visita. e depois procurem os livros que ela ilustrou. uma dica, há por lá coisas da isabel de sá, poeta (e artista plástica) que vos obrigaria a ler se mandasse no mundo

9 comentários:

  1. Se mandássemos no mundo, querido, ele acabaria rapidamente, por falta de natalidade.

    Conde da Vila

    ResponderEliminar
  2. Caro valter hugo mãe, sigo as dicas que nos deixa para tantos pintores e músicos e nunca fico desiludida. Muito obrigado pelo carinho com que nos fala. Sem paternalismo, apenas uma companhia lírica mas surpreendentemente sóbria. Beijinhos, de uma admiradora.
    Rute Vilela

    ResponderEliminar
  3. Ó Vilela, se és uma ela, aprende primeiro a dizer "obrigada" e depois já podes ter critérios estéticos.

    Marilyn

    ResponderEliminar
  4. Anónimo1/7/05 14:40

    oh marilyn! nao precisas de falar assim...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo1/7/05 23:31

    Ola Valter Mãe!
    Sou "sobrinha" da Graça Martins e conheci-o há uma semana.
    Gostei muito do texto que fala da Graça:)
    Para mim a pintura da Graça é muito muito agradável de se ver... Graça, já sabes que se precisares um dia de oferecer algum quadro, lembra-te de mim! :)
    Já agora, a pintura da minha tia Isabel de Sá também é muito interesante. Nota-se que somos da mesma família, titia:) Identifico-me muito com a tua obra!
    Um dia que eu tenha algo para vos mostrar, apareço na casa dos ossos:)
    Gostei muito do bolg! Cultura precisa-se:) Obrigada
    Beijinhos
    Denise Ferreira

    ResponderEliminar
  6. Denise, minha querida
    Adorei o teu comentário ao comentário do Valter. É o entusiasmo da juventude em flor.O Valter é mesmo uma pessoa muito especial e o blogue casadeosso é único porque reúne a parte literária de qualidade com acompanhamento plástico do melhor.
    Está a fazer um trabalho de pesquisa para todos nós com imagens belíssimas e só tenho pena que algumas vezes a inveja do portuguesinho tenha prioridade sobre o prazer da descoberta.

    ResponderEliminar
  7. Caindo no erro de ter um discurso banal...aqui vai:
    Gostei muito do blog!
    Das descrições.
    Das histórias.
    Dos quadros.
    Das fotos.
    E principalmente da temática...
    Vêmo-nos por ai!
    =)

    ResponderEliminar
  8. caimos todos no mesmo lugar. as pintoras almas geme-as trocam mimos as velhinhas saltam por se julgam novas amntes com um monte de sobrinhos que lhes remetem fidelidade. os meus olhos sao nossos querida tia. nem nem rameau, corelli ou telleman se esquecerão de ti. todos os afectos guardei-os na saquinha de coiro que odowland me deu. cheira a suor e agua de colonia esquecida no frasco. a sabonete de limão cheio de gretas. enfim andaremos as voltas em busca dos afectos das tias e sobrinhas

    ResponderEliminar
  9. Todos os palermas que descarregam a sua agressividade nos comentários invejosos que fazem só estão a revelar a sua patologia de mal amados.

    ResponderEliminar