14.12.06

esqueci-te
mas amo-te

4 comentários:

  1. vítor nemésio17/12/06 19:17

    odeio-te valter. amo-te, um amor impossível

    ResponderEliminar
  2. vítor nemésio17/12/06 19:18

    odeio-te. amo-te, um amor impossível

    ResponderEliminar
  3. o vitorino nemésio é de perder a cabeça. a expressão «casa de osso» é tirada de um poema dele. agora, vítor nemésio é que não conheço. e o que escreves é um pouco trapalhão

    ResponderEliminar