15.2.07

curto e grosso

um bom amigo enviou-me um video de um trio inusitado entre uma mulher, um homem e um cão. vou apanhar chuva. aqui a cem metros fica o mar e está revoltado. estes dias trazem as coisas mais estranhas envoltas nas ondas. uma vez, cismei ver um homem a sair das profundezas e erguer-se na areia em direcção às casas. outra vez, vi nitidamente uma massa de luz que ascendeu do cintilar das águas. hoje, já sei, vou ver algo mais impossível ainda. é que o cão dominava a cena e parecia melhor do que o homem. ao menos pelo que a rapariga mostrava. caramba, pá, tens cá cada uma

(a imagem deslumbrante é, mais uma vez, do meu amigo rui effe)

4 comentários:

  1. eu digo: excelente caramba!

    o rio-seco, corre no meu corpo,
    e deixa marcas. sombras de embondeiros ondulam, taciturnas, sensíveis ao fascínio, das danças que na chuva fazem sobre o mar, o cão a mulher e o homem...


    adoro ler-te


    este teu último livro está excelentemente belo!


    um abraço

    lena

    ResponderEliminar
  2. o meu cão vez amor com muitas mulheres até ao dia em que morreu de tristeza, quando uma o deixou

    ResponderEliminar
  3. cop magartas16/2/07 18:34

    também já vi gatos morrerem de asma
    por excesso de sexo

    ResponderEliminar
  4. o meu cao morreu de velhice...

    ResponderEliminar