5.2.07

momentos floribella, quatro


menti-te. talvez não esteja tão seguro sobre as coisas do amor quanto te disse. mas isso não implica que devas baixar a guarda em relação à bruxa da delfina. prefiro acreditar que vais ser capaz de lhe espetar a espada de madeira no coração e secá-la ao sol como um pano de cozinha. é isso que precisas de fazer. e não te preocupes com a possibilidade de o fred te ver. ele vai adorar que venças a guerra. és mais bonita, és do norte, deves ser muito melhor na cama. e não queiras fazer lembrar-me dos nossos tempos. invento de conta que nunca estivemos. sim. é um modo de ser só teu amigo. não quero ser mais nada. mesmo mais nada. quero estar livre intensamente para quem me quiser vir buscar. só precisa de dizer que veio para isso mesmo, buscar-me. e seguirei sem resistência, convicto de que o meu tempo de ser feliz começou

(imagem do maravilhoso chris anthony)

1 comentário:

  1. Floribella, Floribella
    vamos apanhar uma piela
    a noite está uma seca
    e a vida não presta.

    Mana Calorica & Las Tequillas

    ResponderEliminar