18.2.07

esta fotografia foi tirada no dia vinte e cinco de janeiro passado pela patrícia campos. está o joão gesta, eu e o isaque ferreira. naquele corredor, estranho e húmido, passam todas as noites dois cavalos alados que, por promessa de amor, ali se apeiam das asas e cumprem com os pés no chão o caminho de ponta a ponta. um dia, estou certo, o amor fará com que ninguém precise de asas, para que todos os corredores se transformem em praças e nada mais se esconda do sol

4 comentários:

  1. quem consegue fazer uma entrada num blog às 5 da manhã e mais uns trocados?? assim se perde a beleza do amanhecer, o sol a despontar, o calor da luz que nos invade e inspira! de quando em vez, poderias experimentar a sensação e quem sabe se os teus registos não seriam bem mais vivos, enérgicos e com rasgos de esperança descontraída!

    deixo-te aqui o endereço de uma foto que vi esta manhã no Olhares

    http://www.olhares.com/o_grito/foto1072274.html

    abraço e vê se voltas cá entretanto. apetece-me experimentar sushi e no entanto se eu não gostasse teria quem o comesse!! ;-)

    ResponderEliminar
  2. querido,fizeste falta, o meu coração mirra de saudade!estão a ser dias verdadeiramente surrealistas.
    que belo trio.muitos beijos meu amor.
    inês

    ResponderEliminar
  3. Bruna*sobrinha12/3/07 18:38

    ADORO TE!!

    ResponderEliminar
  4. Saudades. Eu gosto, acima de tudo, do presente. :)

    ResponderEliminar